Descomplicando os Sangramentos na Gravidez

Hello meninas! Vamos descomplicar um pouco os sangramentos na gravidez? A gente sabe, que não importa a fase da gestação, basta aparecer uma gota de sangue no papel higiênico ou na calcinha para gerar preocupação na futura mamãe. Sei que é difícil, mas calma! Porém, nem todo sangramento é motivo de desespero.

Um pequeno sangramento pode até ser normal em algumas situações e não representa risco.

Aproximadamente 4 semanas após a fecundação, ocorre a nidação (que é quando ocorre a implantação do futuro bebê dentro do útero). Nesse momento pode acontece rompimento de vasos sanguíneos, gerando um discreto sangramento por cerca de dois ou três dias. Ele pode ser confundido com a menstruação, ou caso a mamãe já saiba que está grávida, causar grande preocupação. Mas não é um problema, é até normal!

Também no início da gestação, um sangramento vaginal pode estar relacionado a um descolamento ovular. Já falamos sobre essa situação aqui no blog. As gestantes com descolamentos no início da gestação têm uma chance maior de abortamento. Porém esse risco é baixo, e na maior parte das vezes tudo corre tranquilamente!

No segundo e início do terceiro trimestre, os sangramentos vaginais são mais preocupantes.

Podem estar relacionados a um mal posicionamento da placenta (placenta prévia), trabalho de parto prematuro e, o caso mais grave, causados por um descolamento da placenta. Nessa última situação, geralmente o sangramento é volumoso e associado a muita dor abdominal. O descolamento de placenta é mais frequente em mamães tabagistas ou que tem pressão alta. Na maioria das vezes o parto deve ser realizado por trazer riscos não só para o bebê, mas para a mamãe também.

E finalmente, no finzinho da gravidez a mamãe perde o tampão mucoso, o colo do útero começa a amolecer e dilatar (aproveite pra ver esse vídeo aqui sobre o assunto). Assim, também pode acontecer um sangramento vaginal que geralmente é em pequena quantidade, misturado com muco.

Ah! Após a relação sexual ou muito esforço físico também pode ocorrer sangramento vaginal, e caso seja em pequena quantidade e pontual, raramente será um problema. Isso acontece porque na gravidez o colo do útero fica mais amolecido e vascularizado devido a ação de hormônios da própria gestação.

A primeira coisa que a gestante tem que fazer quando notar um sangramento é procurar seu obstetra.

Só após uma avaliação, conversando e examinando é que poderemos saber o que está acontecendo e programar algum tratamento. Em alguns casos (não em todos), pode ser necessária uma avaliação complementar com ultrassonografia.

É isso! Se vocês ficaram com alguma dúvida já sabem, só mandar pra gente! Até!