Descomplicando o período fértil

Hello! Vamos direto ao assunto que o ovário não espera!

O período fértil é a fase em que o corpo da mulher está pronto para engravidar. Ele geralmente ocorre no meio do ciclo menstrual. Muitas mulheres imaginam que obrigatoriamente deva acontecer no 14o. dia do ciclo, mas na verdade, o dia da ovulação varia de ciclo para ciclo, e ocorre, em média, no dia 14 a partir da menstruação.

Quando ovulamos, podemos sentir uma dor pélvica em pontada e desconforto abdominal, mas isso não é regra, muitas de nós não sente absolutamente nada quando está ovulando. Durante uns 2 dias antes e 2 dias depois da ovulação, outras modificações ocorrem em nosso organismo e nos ajudam a identificar quando é o período fértil, e consequentemente, quando devemos ter relações sexuais se quisermos engravidar.

Mas o que acontece lá por dentro?

Na primeira fase do ciclo menstrual, o corpo foi preparando o ambiente para o evento mais importante do mês: a ovulação. Perto desse dia, o corpo está lotado do hormônio estrogênio o que por fim irá provocar um aumento nos níveis de outro hormônio, o LH. Essa rápida elevação do LH, faz com que o folículo dominante (aquele folículo que foi crescendo durante o início do ciclo e que contém o óvulo) se rompa e liberte o óvulo maduro, que está prontinho para ser fecundado.

O óvulo vai sendo levado através da trompa esperando se encontrar com um espermatozóide, e quando isso ocorre, o ovo fecundado continua em direção ao endométrio e vai ali se estabelecer, formando o embrião.

Se perto da menstruação a mulher fica meio borocochô e toda inchada,  perto do período ovulatório a história é outra: a pele e o cabelo ficam MARA, a pessoa fica mais ativa e a libido aumenta, tudo isso para sinalizar para o maridão que É HOJE!!! Durante estes dias, é mais fácil até atingir o orgasmo. Afinal, seu corpo está pedindo por um baby!

Depois de tudo isso daqui a uns dias 2 coisas podem acontecer: um teste de gravidez positivo, ou começar tudo de novo, a partir da menstruação.

Ufa! Quanta coisa né? Mas deu pra descomplicar?