Descomplicando o ciclo menstrual: a primeira fase

Hello girls! Agora você já sabe se seu ciclo é regular ou irregular. Mas precisamos descomplicar o que tanto acontece no nosso corpo entre uma menstruação e outra (acredite, é muita coisa!)…

Todo mês nosso corpo tem um trabalhão para se preparar para gerar um bebê. Se isso não acontece, ocorre a menstruação. O ciclo menstrual é todo controlado por hormônios, e basicamente dividido em 2 fases: a fase de preparação para a ovulação – a fase folicular, e a fase após a ovulação – fase lútea.

Na primeira fase, uma glândula localizada no cérebro produz um hormônio (FSH) que estimula nos ovários o crescimento de alguns folículos, que irão lá no período fértil liberar o óvulo para encontrar o espermatozóide. Os folículos são cavidades cheia de líquido dentro dos ovários que contêm óvulos ainda não desenvolvidos. A mulher já nasce com os óvulos para a vida toda, e cada óvulo fica dentro de um folículo. Quando o corpo seleciona os folículos que crescerão naquele mês começa também a produção de outro hormônio, chamado estrogênio.

A medida que o folículo cresce e amadurece o óvulo, a quantidade de estrogênio vai aumentando, o que estimula a camada de dentro do útero (o endométrio), a ficar bem gordinha e nutritiva para o óvulo fertilizado (quando o óvulo se junta com o espermatozóide) se implantar e crescer. Além disso, o estrogênio é responsável pela preparação daquele muco cervical (aquele de aspecto pegajoso em clara de ovo), que ajuda o espermatozóide a nadar e sobreviver enquanto encontra o caminho para dentro do útero e para o óvulo (nas trompas).

A casa já está pronta (endométrio nutritivo e confortável) e a porta está aberta (muco cervical com espessura adequada), para a festa, só faltam os convidados: óvulo e espermatozóide!

Não vai perder as cenas do próximo capítulo!