Descomplicando a Vulva e Vagina

Hello meninas! Sabia que Vulva e Vagina não são a mesma coisa? Damos vários nomes pra “região”, mas vemos em reportagens, propagandas, e até alguns profissionais chamando a Vulva de Vagina! Vamos descomplicar?

Vulva não é Vagina!

Primeiramente, a Vulva é a parte externa dos órgãos sexuais femininos. É composta pelo monte pubiano, grandes e pequenos lábios, clitóris e intróito vaginal.

O clitóris.

Órgão que tem uma única função: dar prazer à mulher. Temos um post inteirinho só falando sobre ele.

A Uretra.

É o canal por onde sai o xixi. Consequentemente, não é o mesmo buraco da menstruação!

Os grandes lábios e pequenos lábios…

Os grandes lábios têm tecido adiposo (gordurinha) e são cobertos por pelos. Eles ajudam a proteger a entrada da vagina. Já os pequenos lábios ficam mais por dentro, também têm a função de proteção. São bem finos, cheio de nervos e vasos sanguíneos. Por isso, podem até aumentar de volume quando a mulher está excitada.

No meio, entre os pequenos lábios, fica a abertura da vagina. Ela é coberta pelo hímen.

O hímen…

O hímen é uma “pelezinha”, cheia de vasos sanguíneos, Ela não tampa completamente a entrada da vagina, é por ali que sai a menstruação inclusive. Em alguns casos a mulher pode nascer com o hímen imperfurado, que tampa completamente a entrada do canal vaginal. Então, é necessário que façam cirurgia para poder abrir um buraquinho para a menstruação passar.

Não necessariamente ele irá romper e sangrar na primeira relação sexual. por ser elástico pode até ficar íntegro após a relação. Entretanto, em alguns casos, pode romper com a movimentação da menina, masturbação e etc. Por isso que perder a virgindade é uma coisa que vai muito além da simples rotura do hímen!

A Vulva se modifica com o passar da idade.

Quando nascemos ela é de um jeito. Com o passar dos anos e das alterações hormonais na nossa vida (infância, primeira menstruação, gravidez, menopausa…) a sua aparência vai mudando! Não têm uma forma correta ou mais bonita. Cada uma tem a sua! Hoje vemos um movimento para infantilizar a vulva da mulher: retirar todos os pelos, clarear, diminuir os pequenos lábios, injetar gordura nos grandes lábios. A verdade é que os procedimentos estéticos podem sim ser realizados, mas apenas se você se incomoda! Já falamos sobre isso aqui no blog. 

Culturalmente somo ensinadas a não encostar, tomar cuidado, achar feia e até nem falar sobre a vulva. Que tal começar a mudar isso, pegar um espelho e ver se você reconhece todas as estruturas em você mesma? Continuamos o assunto em breve!

Imagem da capa: Vulva Gallery.