Cosméticos na Amamentação – O que posso usar?

Muitas mulheres evitam o uso de cosméticos e não realizam tratamentos de pele durante a gravidez – até pelo senso comum – de que algo possa prejudicar o bebê. Logo após o nascimento, procuram desesperadamente a dermatologista para já se livrar de manchas, estrias, acne… e tudo o que incomodou durante a gravidez e não pode tratar.

Mas peraí. Ainda está amamentando?

Então vamos com calma!! Muita coisa ainda não é segura para utilizar e precisaremos de um pouco mais de paciência.

Eis algumas dúvidas mais comuns:

– Pequenos procedimentos cirúrgicos (ou outros procedimentos estéticos que usem anestésico): A lidocaína é um dos principais anestésicos usados e pode ser usada durante a lactação. O uso de grandes quantidades demonstra uma redução da lactação nas 12h seguintes, porém em pequenas quantidades, como usamos em procedimentos, não causa problemas.

– Meu cabelo está caindo, posso usar os tratamentos convencionais? O pós parto é um período crítico de queda de cabelo. O Minoxidil, tópico mais frequentemente utilizado nessa situação tem baixa absorção sistêmica e é compatível com o uso na lactação. Porém procure seu dermatologista para avaliar possíveis deficiências nutricionais ou outras causas que podem manter sua queda de cabelo.

-Pintar o cabelo? Liberado. De uma forma geral evite as tintas muito ricas em amônia e derivados de chumbo – procure por marcas profissionais e confiáveis – Isso para sua saúde, independente da amamentação.

– E Toxina Botulínica? (“Botox®”)? Posso fazer já? Apesar do risco de exposição sistêmica ser mínimo, não é recomendado realizar aplicação de Toxina Botulínica durante a amamentação.

– Preenchimento de Ácido Hialurônico: Pode ser realizado, por ser uma substância já encontrada naturalmente no organismo, porém sempre com cautela.

– Clareadores a base de hidroquinona e ácido retinóico: São usados em combinação para um efeito clareador superior, principalmente para tratar as manchas de gravidez. Aproximadamente 35% da hidroquinona é excretada no leite materno e se distribuir rapidamente pelo organismo. Apesar de não aparentar ser altamente tóxica ou oferecer risco, cabe julgar a real necessidade de iniciar o tratamento nesse período ou aguardar alguns meses o término da amamentação. A tretinoína (=ácido retinóico), também é altamente excretada pelo leite materno, porém, como é utilizada pela via tópica esses índices caem e raramente causam algum risco ao bebê. Vale a pena discutir com seu dermatologista riscos versus benefícios de usa-la nesse momento.

Isotretinoína: O famoso Roacutan® para tratamento da acne. É formalmente contraindicado na amamentação.

-Maquiagens e afins: Podem ser usadas, sempre procurando produtos de qualidade.

-Protetor Solar: Pode e deve ser usado sempre.

E aí? Descomplicou?

Sempre consulte seu dermatologista e seu ginecologista nesse período antes de iniciar produtos diferentes – Muitas coisas podem ser absorvidas pelo seu bebê sem que você se dê conta!

Fonte: Jornal da Academia Americana de Dermatologia, Março 2014