10 dúvidas comuns sobre o DIU hormonal

Hello meninas! Já expliquei pra vocês como funciona o DIU / SIU medicado, e muitas mulheres quiseram descomplicar um pouco mais e mandaram suas dúvidas pra gente. Só lembrando que o DIU medicado contém apenas levonogestrel, um tipo de progesterona. Esse hormônio é liberado em pequenas doses diariamente e atua principalmente no útero, sendo mínima a  dose absorvida pela corpo. As mulheres que tem contraindicação para estrogênio podem utilizar esse método anticoncepcional.

Vamos para as dúvidas! Vou descomplicar as top 10 para vocês:

  1. Dói para inserir o DIU? Dói! (hihihihi). Mas é uma dor suportável. O procedimento é realizado no consultório mesmo, e geralmente são ”3 dores” breves que você irá sentir: para inserir o dispositivo é necessário o seu(sua) médico(a) pinçar o colo do útero e tracioná-lo um pouco (1); depois através do orifício cervical é passado um instrumento chamado histerômetro que é usado para medir o útero e programar até onde o DIU será colocado (2); e por fim a introdução do Sistema Intrauterino (3). Parece uma eternidade, mas isso dura pequenos instantes e passa rápido. Algumas mulheres mais sensíveis a dor podem sentir tontura e mal estar. Uma dica é tomar um remédio para cólica antes do procedimento. Agora para que tem pavor de sentir dor, é possível fazer o procedimento com sedação em ambiente hospitalar.
  2. Quem nunca teve filhos pode colocar o DIU medicado? Trabalhos científicos recentes têm recomendado o uso desse método para mulheres que nunca tiveram filhos, inclusive para adolescentes que já iniciaram sua vida sexual mas costumam esquecer de tomar a pílula. Alguns cuidados importantes antes da inserção devem ser tomados: a medida do útero deve ser realizada, pois o útero de mulheres que não tiveram filhos costuma ser um pouco menor e as vezes pode não comportar o dispositivo; preferir a inserção no período menstrual, pois nesse período o canal endocervical está mais aberto. Resumindo: sim! Se você ainda não teve filhos o SIU medicado é uma opção!
  3. Posso amamentar com o DIU? Pode sim, como é livre de estrogênios não tem contraindicação para amamentação e é um bom método de escolha no período pós-parto.
  4. Após a colocação, quanto tempo demora para começar seu efeito anticoncepcional? A ação é imediata, assim que inserido, se na posição correta, já evita a gravidez indesejada em 99,8% dos casos!
  5. Quanto tempo posso demorar para engravidar após retirar o DIU medicado? Após a remoção do DIU a volta para a fertilidade é imediata, ou seja, você pode engravidar no seu próximo período fértil.
  6. Como saber se o DIU está no local correto? Se você não está com cólicas fortes, ou sangramento fora do habitual, provavelmente o DIU está local correto. É possível a avaliação da localização do DIU através de exames de imagem como a ultrassonografia transvaginal ou apenas a visualização do fio do DIU no exame ginecológico, que, segundo o fabricante, deve ser realizada uma vez ao ano.
  7. O DIU pode sair do lugar? Não é muito provável que isso aconteça, mas não é impossível a movimentação ou até mesmo a expulsão do sistema. Se você começou a sentir cólicas fortes e sangramentos fora do habitual, consulte seu médico.
  8. O DIU hormonal pode dar acne? Recentemente alguns estudos têm mostrado aumento da acne em usuárias desse método. Principalmente nas mulheres que já tem histórico de acne na adolescência ou tendência a ela. A acne relacionada ao DIU medicado geralmente surge em até 6 meses após a inserção, e não responde muito bem aos tratamentos comuns. Devem-se pesar os prós e os contras para optar por cada método anticoncepcional, com o DIU hormonal não é diferente.
  9. O SUS disponibiliza o DIU hormonal? Infelizmente não, é um método que ainda não é disponibilizado no Sistema Único de Saúde.
  10. O SIU medicado engorda? O DIU hormonal libera o hormônio levonorgestrel em doses entre 10 e 20mcg por dia, as pílulas têm de 60 a 150 mcg de levonorgestrel por comprimido, além de um estrogênio (o DIU não tem estrogênio). É uma micro-dose, da qual a maioria age apenas na cavidade uterina, não sendo distribuída na circulação. Diversos fatores interferem na perda ou ganho de peso: fatores hormonais (sim), mas também alimentação, metabolismo, sedentarismo, idade… Os estudos já realizados com o DIU medicado não mostraram um aumento de peso além do que é observado quando comparado ao ganho de peso das mulheres que não usam o método. A população em geral vem engordando com o passar dos anos, devido a mudança nos hábitos alimentarem e cotidianos, não dá pra pôr a culpa no anticoncepcional! Mas você poderá lembrar da prima, da amiga que engordou uns 5 quilinhos “depois que colocou o DIU”… provavelmente ela esqueceu de contar que casou, está dormindo menos, comendo mais, não faz atividade física e ah! Está com 5 anos a mais! É minha amiga, a realidade é mais cruel… como dizem, o DIU medicado não engorda, a vida sim…

Espero ter respondido às suas dúvidas! Caso tenha mais algumas mande pra gente!

Até a próxima!!!

Fonte: bula do medicamento